Castração

maio 19, 2009

O que é a Castração?

A castração consiste em uma cirurgia feita em cães e gatos, fêmeas e machos, para impedir que se reproduzam sem controle. Para cada bebê que nasce, 15 cães e 45 gatos também podem nascer. Em seis anos, uma cadela e seus descendentes podem gerar até 64 mil filhotes. No caso das gatas esse número é ainda maior. A castração é o método recomendado pela Organização Mundial de saúde e por Sociedades de Proteção Animal, como uma maneira eficaz de combater a superpopulação desses animais, pois evita o descontrole populacional e conseqüentemente o abandono.

Como funciona?

Consiste na retirada do útero, trompas e ovários, no caso das fêmeas. Nos machos, na retirada dos testículos. A cirurgia, feita com anestesia geral, é simples mas deve ser executada apenas por veterinários devidamente habilitados. Em torno de uma semana o animal estará totalmente recuperado. A castração pode ser feita a partir dos 2 meses de idade. Para as fêmeas é recomendado castrar antes do primeiro cio.

Vantagens da Castração:

1. Diminui drasticamente o risco de doenças nas vias uterinas, do câncer de mama, útero, próstata e testículos;

2. Elimina a Gravidez Psicológica, comum em algumas fêmeas após o término do cio, o que ocasiona aumento das mamas (muitas vezes com edema), a produção de leite e irritabilidade excessiva;

3. Elimina o risco do câncer dos órgãos genitais;

4. Diminui o risco das fugas e brigas, que podem acarretar acidentes graves e até fatais;

5. Acaba com os latidos, uivos e miados excessivos que ocorrem por ocasião do cio;

6. Elimina os estados de excitação por falta de cruzamento (e o embaraço com as visitas!);

7. Elimina a inconveniente perda de sangue das cadelas no período de cio, assim como as desagradáveis reuniões de machos na porta de sua residência;

8. Diminuiu o hábito dos gatos de urinar em paredes e móveis para marcar território. A urina também perde o odor forte e desagradável.

MITOS

A cirurgia de castração não faz mal ao animal: nem cães nem gatos mudam de personalidade após a castração. O que pode ocorrer é que ficando mais caseiros (não escapam para a acasalar) não gastarão tanta energia, portanto, não queimam gorduras e ganham um pouco de peso, o que é controlável com dieta saudável. A castração não traz problemas psicológicos ao animal. O animal não fica deprimido nem sente falta de sexo – eles não têm a consciência sexual dos humanos, a cópula é realizada apenas para procriação. Seu animal não tem escolha, segue apenas o instinto. É dever do proprietário intervir e prevenir nascimentos indesejados. O animal será beneficiado e não subtraído de algo.

Informações Ong Arca Brasil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: